top of page
  • Foto do escritorLiberto Alexandre Rodas Matos

O que é fibromialgia: conheça os sintomas mais comuns e fatores de risco


o que é fibromialgia e sintomas
Aprenda a identificar a fibromialgia e saiba com tratar com sucesso a doença que a reumatologia tem mais dificuldade a diagnosticar

Sabe o que é fibromialgia e quais os sintomas? Vive com dores crônicas e fadiga constante? Você pode estar sofrendo de fibromialgia, uma condição médica complexa e amplamente desconhecida. Neste artigo, vamos explorar os sintomas mais comuns e os fatores de risco da fibromialgia, para que você possa identificar e obter o tratamento necessário.

A fibromialgia afeta milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente mulheres. Os sintomas variam de pessoa para pessoa, mas os mais comuns incluem dor generalizada, sensibilidade ao toque, fadiga extrema, dificuldade para dormir, problemas de memória e concentração, dores de cabeça recorrentes, ansiedade e depressão.

Diagnosticar a fibromialgia pode ser um desafio, pois os sintomas muitas vezes se sobrepõem a outras condições de saúde. No entanto, compreender os fatores de risco também pode ajudar a identificar a condição.


Esses fatores incluem histórico familiar de fibromialgia, problemas de fígado ou vesicula biliar, incluindo colicistectomia.(remoção cirurgica da vesícula biliar), lesões traumáticas anteriores como episódios de quase morte, stress crônico e certas condições médicas, como artrite e síndrome do intestino irritável.

Se você suspeita que está enfrentando fibromialgia, não hesite em buscar orientação médica. Um diagnóstico adequado é essencial para encontrar alívio e melhorar sua qualidade de vida. Vamos aprofundar essas informações para que você possa identificar a fibromialgia e encontrar o suporte necessário para lidar com essa condição debilitante.


O que é a fibromialgia?

A fibromialgia é uma condição crônica caracterizada por dor generalizada no corpo, sensibilidade ao toque, fadiga extrema, dificuldade para dormir, problemas de memória e concentração, além de dores de cabeça recorrentes. Estima-se que milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente mulheres, sejam afetadas por essa condição.



Compreender os sintomas da fibromialgia

Os sintomas da fibromialgia podem variar de pessoa para pessoa, tornando o diagnóstico desafiador. No entanto, existem sintomas comuns que podem ajudar a identificar a condição.


Além da dor generalizada e da fadiga, muitos pacientes relatam, problemas digestivos, dores que mudam de sítio, sensibilidade ao toque, rigidez matinal, distúrbios do sono, ansiedade, depressão, redução da visão, entre outros sintomas.


Factores de risco comuns para o desenvolvimento da fibromialgia

Embora a causa exata da fibromialgia não seja conhecida, certos fatores de risco estão associados ao seu desenvolvimento: ter histórico familiar de fibromialgia aumenta as chances de desenvolver a condição. Além disso, ter mau funcionamento do figado ou vesícula biliar, lesões traumáticas anteriores, stresse crônico e certas condições médicas, como artrite e síndrome do intestino irritável, também são consideradas fatores de risco ou desencadeantes.


Diagnosticar a fibromialgia: testes e avaliações médicas


Consulta de Reumatologia

O diagnóstico da fibromialgia em reumatologia pode ser complicado devido à sobreposição de sintomas com outras condições de saúde e pelo fato de não existir uma análise ou exame específico para diagnosticar com certeza esta síndrome.


No entanto, existem critérios estabelecidos para ajudar os médicos a realizar um diagnóstico preciso, como o Protocolo de Diagnóstico da Fibromialgia desenvolvido pela Sociedade Americana de Reumatologia em 1990 e atualizado posteriormente em 2010, que permite uma avaliação detalhada dos sintomas. para depois do clínico descartar outras condições clínicas, fazer o diagnóstico da fibromialgia.


Este processo clínico é por vezes longo e o médico pode levar meses ou anos a conseguir um diagnóstico definitivo.


Consulta de Acupuntura

A acupuntura é uma área ciêntifica da medicina tradicional chinesa e considera a fibromialgia como um transtorno de fígado e vesicula biliar. Depois de uma completa anamenése do histórico clínico do doente, o acupuntor pode cruzar essa informação com o protocolo de diagnóstico da fibromialgia da Sociedade Americana de Reumatologia e chegar ao diagnóstico de fibromialgia em apenas uma consulta!


Consulta de Medicina Quântica

A medicina quântica é uma ciência moderna que se baseia nos principios da física quântica e do elevado poder de computação dos equipamentos informaticos, para através equipamentos especificos, diagnosticar alterações na frequência energética dos orgãos, tecidos e células humanas.


Os equipamentos de medicina quântica, estão equipados com sensores quânticos e através de um exame de ressonância magnética quântica conseguem detectar as alterações energéticas caracteristicas da fibromialgia e assim ajudar o terapeuta a diagnosticar a síndrome.


Posteriormente ao diagnóstico, o equipamento pode fazer terapia quântica de biofeedback por frequência electromagnética, para corrigir as alterações detetadas e conduzir o seu organismo para a normalidade.


O equipamento pode ainda determinar qual a fitoterapia, homeopatia ou suplemento alimentar mais adequados para tratar a fibromialgia.



Opções de tratamento para a fibromialgia

Embora não haja cura para a fibromialgia, existem opções de tratamento que podem ajudar a aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida. O tratamento geralmente envolve uma abordagem multidisciplinar, incluindo medicamentos e suplementos alimentares para controlar a dor, acupuntura, medicina quântica, alterações na dieta, fisioterapia e osteopatia.



Alterações do estilo de vida para gerir os sintomas da fibromialgia

Além do tratamento médico, fazer mudanças no estilo de vida pode ajudar a gerenciar os sintomas da fibromialgia. Isso inclui estabelecer uma rotina de sono adequada, praticar exercícios de baixo impacto regularmente, adotar técnicas de gerenciamento do stress, como meditação, e evitar alimentos, como os laticínios, pastelaria e bebidas alcoolicas que possam desencadear os sintomas.


Terapias alternativas para aliviar a fibromialgia

Além dos tratamentos convencionais, muitas pessoas com fibromialgia buscam terapias alternativas para aliviar os sintomas. acupuntura, massagem terapêutica, quiropraxia e acupressão, osteopatia e medicina quântica são algumas das opções mais populares.


No entanto, é importante discutir essas terapias com um profissional de saúde antes de experimentá-las.



Grupos de apoio e recursos para doentes com fibromialgia

Lidar com a fibromialgia pode ser desafiador emocionalmente, e é importante buscar apoio de outras pessoas que passam pela mesma experiência. Existem grupos de apoio presenciais e online, onde você pode compartilhar suas experiências, obter conselhos e encontrar suporte emocional. Além disso, existem vários recursos disponíveis, como livros, sites e aplicativos, que podem fornecer informações e dicas úteis.


Estratégias de enfrentamento para viver com fibromialgia

Viver com fibromialgia pode ser uma jornada difícil, mas existem estratégias de enfrentamento que podem ajudar a melhorar a qualidade de vida. Isso inclui aprender a estabelecer limites, pedir ajuda quando necessário, praticar o autocuidado, encontrar atividades que promovam a alegria e buscar tratamento para problemas emocionais, como ansiedade e depressão.


Conclusão: Procurar ajuda profissional para o diagnóstico e a gestão da fibromialgia

Se você suspeita que está sofrendo de fibromialgia, não hesite em buscar orientação médica. Um diagnóstico adequado é essencial para encontrar alívio e melhorar sua qualidade de vida. Compreender os sintomas e fatores de risco da fibromialgia pode ajudá-lo a identificar a condição e encontrar o suporte necessário para lidar com essa condição debilitante.

Lembre-se de que cada pessoa com fibromialgia pode ter experiências e necessidades diferentes, portanto, é importante trabalhar em estreita colaboração com profissionais de saúde para desenvolver um plano de tratamento personalizado. Com o devido cuidado e apoio, é possível gerenciar os sintomas da fibromialgia e viver uma vida plena.



Posts recentes

Ver tudo
bottom of page